Introdução alimentar guiada pelo bebé

E se te dissesse que na verdade não precisas gastar dinheiro a comprar papinhas industrializadas ou perder tempo a preparar papinhas caseiras? Obviamente, podes optar por uma ou outra destas alternativas, dependendo do que achares que funcione melhor para ti ou que seja mais prático, mas também há uma outra maneira de proceder.

A diversificação alimentar guiada pelo bebé consiste em esquecer as papinhas e, em vez disso, incentivar o bebé a alimentar-se sozinho, dando-lhe pedaços de comida para as mãos. Isso mesmo! Ele pode escolher o que quiser comer e explorar a textura dos alimentos com os dedos antes de colocar os pedaços na boca, transformando experiências gustativas no novo objetivo.

Não, não deves dar ao teu bebé de 6 meses comidas difíceis de mastigar ou digerir, mas um pouco de abacate amassadinho ou pêra macia podem ser um bom começo – permitindo um pouco mais do que as convencionais papinhas enquanto o teu filhote guia a introdução de alimentos sólidos na própria alimentação.

É claro, o momento de refeição não será muito limpo, mas deixar o bebé enfiar a mão numa tigela de puré de batata é simplesmente pedir para que ele crie um caos. Porém, não vamos enganar-nos: as papinhas também podem ter o mesmo resultado. E não é isso que é divertido?

Os benefícios
A diversificação alimentar guiada pelo bebé ganhou popularidade por todo o mundo nos últimos anos. Os defensores deste método dizem que é devido às muitas vantagens que oferece. Primeiro, este tipo de diversificação alimentar permite que o bebé prove os sabores que tu comes (dentro do razoável, é claro), o que pode levá-lo a ser menos "enjoado" para comer no futuro. Isso também torna mais fácil comer as refeições em família, basta preparar os pedacinhos do bebé e colocá-lo à mesa com toda a família e observar o que ele faz, ou seja, dá menos trabalho em geral.

Se simplesmente deres ao bebé pedaços do que já cozinhaste, isso quer dizer que não é necessário prepares papas e purés especiais e preocupares-te em dar-lhe antes ou depois das refeições da família.

O caos que se gera (porque o bebé pega nos alimentos sozinho), o desperdício (especialmente no início, quando ele pega um ou dois pedaços do que tem no prato) e o cuidado exigido no momento de selecionar quais alimentos podem ser oferecidos - podem ser pontos negativos desta abordagem. Por exemplo, o teu bebé de 6 meses ainda não está pronto para comer carnes – então, se a carne fizer parte do teu jantar, dá-lhe apenas as cenouras cozidas (idealmente, a vapor) que preparaste como acompanhamento.

O teu pequenino também pode engasgar-se de vez em quando no início. Tecnicamente, por ser ele a selecionar o que coloca dentro da boca, os pedaços devem ser limitados e pequenos – mas, como na hora de introduzir qualquer outro tipo de comida sólida (ou refeição em geral nos primeiros anos de vida), deves sempre estar por perto para ajudar caso ocorra um engasgo.

Como começar
Começa por introduzir comidas que tu e a tua família já comam, para que o bebé possa acostumar-se com o facto de poder participar na hora das refeições. Porém, durante pelo menos o primeiro mês, oferece os alimentos cortados em pequenos tamanhos e que sejam de fácil ingestão. O abacate e a banana podem ser ótimas opções iniciais. Parte ou corta os alimentos em pedacinhos pequenos para o bebé conseguir abocanhar e incentiva-o a usar o polegar e o indicador como pinça para pegar a comida. No entanto, prepara-te para a bagunça que o pequenino vai fazer ao comer com as mãos!

Talvez precises ajudar no início, mas com o tempo, o pequenino vai reconhecer aquelas coisas coloridas na frente dele como comidas saborosas, e assim irás deixar de precisar mostrar como se faz para provar. Na verdade, isto não vai demorar muito: ele aprenderá essa atividade nova e empolgante rápido e tentará alcançar tudo o que estiveres a comer! Quando o bebé passa a saber o que é comida, é difícil impedi-lo de querer comer tudo.

Mais Posts Sobre Introdução Alimentar:

INTRODUÇÃO ALIMENTAR PARA BEBÉS AMAMENTADOS EM EXCLUSIVO +6 MESES

0 comentários:

Publicar um comentário

Deixa o teu comentário!
Os comentários são moderados, pelo que podem não ser visíveis logo após o envio!