Seguir o ritmo do bebé ou dos pais?

Pais têm diferentes filosofias sobre como desejam criar os seus filhos, inclusive em termos de horários de sono. Alguns preferem seguir a rotina que eles definem, enquanto outros tendem a deixar o bebé impor o próprio ritmo.

O método ditado pelo bebé é exatamente o que o nome indica. O teu pequenino toma as rédeas da situação. Tu apenas observas os sinais do bebé para saber quando está na hora de colocá-lo para dormir, sem estabelecer um horário bem definido. Por exemplo, esperas até o bebé mostrar sinais de cansaço antes de colocá-lo no berço, independentemente da hora indicada pelo relógio.

Pode parecer que um horário ditado pelo ritmo do bebé será imprevisível, porém, em muitos casos, a criança desenvolve um padrão, o que dá aos pais uma certa estrutura. Os defensores desse método gostam da liberdade que ele proporciona e acreditam que isso os ajuda a desenvolver uma intuição acerca das necessidades do bebé.

O horário ditado pelo bebé costuma dar certo para pais que podem seguir o ritmo e modificar a rotina diária deles facilmente. Em compensação, as outras pessoas que podem cuidar do teu filho talvez não estejam tão antenadas em relação aos sinais que ele dá e sintam dificuldade em interpretar as necessidades do pequenino.

Já uma rotina bem definida significa que os pais estipulam os horários. Tu estabeleces uma rotina para o bebé alimentar-se, brincar e dormir. Os horários não precisam ser definidos de forma rígida: eles dão apenas uma ideia geral de quando deves colocar o pequenino para os sonos de dia e dormir de noite. Por exemplo, podes decidir um horário para os sonos da manhã e da tarde, além da hora de ir dormir à noite. Se estiveres a seguir uma rotina, vais colocar o bebé no berço mesmo que ele não demonstre sinais de sonolência.

Tem em mente que não precisas escolher entre um método e outro. Não é uma questão de tudo ou nada. Alguns pais preferem combinar horários ditados pelo ritmo do bebé e pela rotina estabelecida por eles. Por exemplo, podes definir a hora dos sonos de dia, mas ajustá-la em função dos sinais de cansaço do teu bebé. Este foi o meu caso e a minha opção. Combinar ambas as abordagens ajuda a dar estrutura ao bebé, mas também permite flexibilidade dependendo das circunstâncias.

0 comentários:

Publicar um comentário

Deixa o teu comentário!
Os comentários são moderados, pelo que podem não ser visíveis logo após o envio!