Atividades dos 5 aos 8 meses

Hora das cantigas para adormecer
Não precisas cantar só na hora de dormir. Cantigas de embalar podem ser uma excelente ideia a qualquer hora da rotina diária. Cantar para o teu bebé ajuda-o com a aprendizagem da linguagem mesmo antes dele estar pronto para começar a falar, ensinando novas palavras, rimas, ritmos de linguagem, e habilidades auditivas.
Está difícil fazer o teu bebê deixar de se contorcer quando estás a mudar a fralda? Canta para distraí-lo.
Não tens certeza do que fazer na hora do banho? Canta para adicionar o elemento de diversão calma.
Tentar cozinhar uma refeição enquanto o bebé está sentado por perto? Canta para que o bebé não se sinta abandonado.
Viajem de carro e o bebé está inquieto na cadeirinha? Canta para que ele perceba que ainda estás por perto.
Passear com o bebé no carrinho? Canta sobre as coisas que vês em volta enquanto passeias pela vizinhança.
É a hora da soneca? Elabora uma cantiga como parte integrante da rotina de acalmar para que o bebé acostume-se com ela.

Tem em mente que nem sempre é sobre o que fazes, mas também sobre como o fazes. A tua voz calma e um sorriso no teu rosto devem fazer parte da música, ajudando o teu bebé a se sentir calmo e ligado a ti. O teu bebé não irá se importar se desafinares, ele vai amar ouvir-te!

Quando começares a falar com o teu bebé e porquê
Inicialmente, não vais ouvir muitas respostas, mas deves começar a falar com o teu bebé com frequência desde o nascimento. A maior parte do desenvolvimento do cérebro do teu bebé acontece nos primeiros 3 anos de vida - com cerca de 700 sinapses ou conexões ocorrem entre neurónios a cada segundo nesse período. Conversar com o teu bebé ajuda a otimizar essas conexões (especialmente nos centros linguísticos do cérebro). Estás a criar o cenário ideal para o aprimoramento da aprendizagem e pensamento durante os anos de formação inicial.

À medida em que o bebé cresce, essas conversas tornam-se mais interativas. O teu bebé vai continuar a se comunicar através do choro, mas irá, eventualmente, começar a fazer barulhinhos e outros pequenos sons para chamar a tua atenção ou responder à tua voz.

Diz os nomes de tudo e narra as tuas atividades diárias: 'Agora, nós vamos para a cozinha. Nós vamos abrir o armário e pegar um copo. Eu vou enchê-lo com água porque estou com sede. Aqui está a pia. Consegues ouvir a água?' Continua assim durante o tempo que passam juntos. Podes sentir-te como uma "tonta" de início, mas a conversa constante irá tornar-se um hábito quando passares a fazer isso frequentemente de tal forma que deixará de ser um esforço. Quando o teu bebé começar a olhar para algo, aponta o objeto e diz o que é.

Assim que o teu bebé começar a fazer mais sons, dá a ele a hipótese de participar das conversas. Dizes algo a ele, ele responde com um barulhinho, tu imitas o barulhinho e dizes 'hmm... interessante... conta mais à mãe.' Faz pausas, ouve, ri, olha nos olhos, fala devagar.

Lê para o teu bebé, isso ensina ao bebé não apenas vocabulário, mas também habilidades auditivas cruciais. Lê o texto, mas também descreve as imagens, aponta o que vês e pausa para deixar o bebé olhar.

5 benefícios da hora de bruços para o desenvolvimento do teu bebé
Foi-te dito que deves colocar o bebé de barriga para cima para dormir. Mas, o teu pediatra recomendou a hora de bruços? Especialistas recomendam cerca de 15 minutos de hora de bruços por dia a partir dos 2 meses, até que o bebé consiga rolar sozinho da posição de bruços para as costas e de volta para bruços em uma sequência única e com segurança.

A hora de bruços irá:
Evitar um ponto plano na cabeça do teu bebé: a plagiocefalia posicional acontece quando a cabeça do bebé descansa sobre uma mesma superfície plana por um tempo prolongado. Podes notar perda de cabelo numa área específica, e o crânio pode parecer plano. Isso é mais comum em bebés que são sempre colocados de barriga para cima para dormir, e são deixados no carrinho do carro ou em outras cadeiras de bebé por muitas horas de forma constante. A hora de bruços ajuda a evitar que isso aconteça.
Melhora o controlo e alongamento do músculo do pescoço: Se teu bebé nascer com torcicolo, a hora de bruços pode ajudar a fortalecer e alongar os músculos do pescoço, minimizando o impacto desta condição. Muitos bebés, simplesmente, têm um lado preferido, e a hora de bruços ajuda-os a trabalhar músculos do lado não-dominante.
A hora de bruços trabalha o corpo de bebé como um todo, incluindo as mãos: os bebés vão começar a tentar usar os braços para levantar-se e olhar em volta, e também, até certo ponto, irão começar a tentar alcançar os brinquedos em volta. Isto não apenas melhora a coordenação motora grossa, mas também a coordenação olho-mão.
Isto dá ao bebé uma nova perspectiva do mundo: imagina-te deitada de costas a olhar para o teto o dia todo. A hora de bruços permite que o bebé mova a cabeça para cima e para baixo, ampliando o campo visual.
Bebé com gases? A pressão gerada ao deitar-se de barriga para baixo irá melhorar as dores.

Melhores maneiras de abraçar o teu bebé
Os bebés foram feitos para abraçar - aqueles corpos pequeninos cabem perfeitamente nos teus braços. Enquanto o teu bebé cresce, aqueles braços vão começar a ficar mais interativos - e divertidos! Aqui vão algumas maneiras de aproveitar juntos a hora do abraço:
Adiciona abraços extras entre atividades diárias - antes e após a troca de fraldas, após o banho, ao entrar ou sair do carrinho ou cadeirinha do carro.
Dança! Os movimentos são relaxantes, para ti e para o seu bebé. Coloca uma música e abraça gentilmente o teu bebé, balançando-o no ritmo da canção.


Façam exercícios juntos! 
Há vários movimentos que podes fazer com o teu bebé seguro nos teus braços ou em cima de um colchão. Balança numa bola de fitness com o bebé seguro no teu colo. Encontra uma aula para mamãs e bebés, ou pratica yoga em casa.
Usa o espaço disponível em casa. Coloca uma coberta limpa no chão sem nenhum objeto em volta. Deita o teu bebé no meio e aconchega-te com ele para conversar, cantar, ou ler em voz alta.
Que tal uma massagem para bebés? Se não for possível abraçares o teu bebé, uma massagem irá criar uma oportunidade de interação e aconchego que irá beneficiar vocês dois. Podes aprender técnicas numa aula presencial ou online.
Usa uma coberta ou sling canguru. Acessórios podem ajudar-te a manter o bebé junto a ti enquanto cuidas da tua rotina diária. Vais conseguir fazer as tuas tarefas, e o teu bebé poderá interagir contigo e ver o mundo de um novo ângulo.

Ideias para brincares com o teu bebé
Dos 4 aos 8 meses, os bebés passam por grandes saltos de desenvolvimento. Talvez rolem entre 4 e 6 meses. E podem começar a engatinhar entre 6 e 8 meses. Além disso, podem começar a sentar-se melhor e sem ajuda entre 4 e 7 meses, e podem conseguir alcançar objetos sozinhos por volta do quinto mês. Irão começar a comer sólidos por volta dos 6 meses e irão refinar o movimento de pinça com os dedos por volta dos 8 meses. Isso significa que as brincadeiras e as formas de interação podem mudar também.

Além de colocar o bebé no chão e deixar brinquedos ao seu alcance, aqui estão algumas ideias de brincadeiras divertidas:
PCaixas surpresa: Coloca alguns itens à-prova-de-bebé dentro de uma caixa, e deixa o bebé identificar como remover a tampa e descobrir o que há dentro.
PExplora texturas em tua casa e pela vizinhança: Durante a tua caminhada, deixa o bebê tocar na casca das árvores. Faz um piquenique e deixa o bebê explorar a relva. 

PAjuda o bebé a passar a mão no pelo do gatinho. Brinca com comida - macarrão, pudins, geleia, anéis de cereais - cada um tem uma textura diferente!
PAgora que o teu bebé está a movimentar-se, brincadeiras de pegar sempre geram risadas. 
PHora do exercício? Deixa o bebé imitar os teus movimentos durante a hora de bruços.
PPoesias e músicas infantis são sempre divertidas nesta idade, especialmente se elas acontecem em simultâneo com movimentos que podes ajudar o teu bebé a fazer.
PTambores: estes não precisam ser profissionais, basta deixares o teu bebé bater em caixas e baldes vazios. Materiais diferentes irão produzir sons diferentes. Deixa que ele utilize as mãos ou uma colher de pau.


Lembra-te de que os bebés exploram o mundo utilizando não apenas mãos e pés, mas também as suas bocas. Isso significa que tudo o que dás ao bebé acaba por lá! Garante que nada tenha partes pequenas ou algo que possa entalar-se na garganta. Fica atenta a qualquer coisa com linhas, pois o bebé pode enrolar-se. Toma cuidado também com objetos que possam causar sufocamento.

Os bebés tem uma variedade ampla de habilidades, e alguns atingem os marcos de desenvolvimento antes dos outros. Estas variações são normais, no entanto, se suspeitares que o teu bebé está atrasado, conversa com o teu médico.

Dicas e truques para leres para o teu bebé
Ainda que o teu bebé não esteja a falar ainda e inclusive não estará lendo por muitos anos, nunca é cedo demais para começar a ler em voz alta para ele. Aqui estão algumas ideias para tornar o processo mais divertidos para ambos:

PEscolhe uma hora em que o bebé esteja contente.

PAdiciona muitos abraços. Segura o bebé no teu colo, para que ele se sinta seguro e possa ouvir a tua voz facilmente.

PMuda o teu tom de voz de acordo com os personagens e emoções dos livros.

PEscolhe livros com cores fortes ou imagens de alto-contraste.

PInterage com o bebé enquanto estiveres a ler, ou seja, faz perguntas, pausa para que ele tenha tempo de 'responder', mantém uma conversa ativa.

PAponta as ilustrações. Descreve ou dá nomes a elas para ajudares o teu bebé a ligar palavras a objetos.

PDeixa o bebé segurar os livros ele mesmo. Compra livros de papelão duro ou de outros materiais próprios para bebés de forma a que ele possa pegá-los facilmente, mesmo que seja para colocá-los na boca!

PDeixa o bebé virar as páginas enquanto estiver a ler.

PSe o bebê começar a se contorcer, opta por não ler o livro completo, ou cria a tua própria narrativa caso as frases sejam muito longas ou desinteressantes.

PFaz da leitura parte da vossa rotina diária - mesmo que seja por alguns minutos. Criar o hábito da leitura diária agora é uma atividade simples que podes manter durante toda a infância.
Leres para o teu bebé desde o nascimento forma o cérebro dele e ajuda-o a desenvolver habilidades linguísticas. E tudo isto contribui que ele cultive o amor pela leitura durante toda a vida.

0 comentários:

Publicar um comentário

Deixa o teu comentário!
Os comentários são moderados, pelo que podem não ser visíveis logo após o envio!