Atividades 0 aos 4 meses

Cantar
Uma das imagens mais marcantes de ser mãe é ela sentada numa cadeira baloiço, a cantar uma cantiga de ninar para um recém-nascido nos seus braços. Mesmo que não tenhas uma cadeira baloiço, ou não sejas uma boa cantora, o teu bebé vai adorar ouvir a tua voz. Cantar é uma ótima forma de acalmar um bebé caprichoso ou sossegar um bebé inquieto. Poucos de nós são cantores de concertos, mas o teu bebé não irá importar-se. O teu bebé reconhece as vozes da mãe e do pai mesmo antes do nascimento, e esses sons conhecidos irão acalmá-lo. Estudos mostram que mesmo um bebé prematuro beneficia-se com isso - eles atingem melhores frequências cardíacas e respiratórias, e ganham mais peso quando ouvem a voz das suas mães.

Cantar pode ajudar-te a criar laços com teu bebé. Esta pode ser uma ótima atividade quando o bebé estiver a ter uma crise de choro ou não quiser adormecer. Quando o bebé começa a aprender a andar, podes ensiná-lo a cantar as mesmas músicas, criando assim um clima de intimidade e aprendizagem contínuo e em conjunto. Não conheces nenhuma música? Podes fazer uma pesquisa pelas mais clássicas na internet. Não tenhas medo de cantar ou cantarolar alguma coisa para o teu bebé - não tem como dar errado. Acredita, ficarás surpresa quando começares a cantar e o teu bebé acalmar-se, a ouvir atentamente.

6 maneiras de falar com o teu bebé
Quando olhas para um recém-nascido, parece que não há muito o que ele possa fazer. Não deixes isso impedir-te de interagir com ele. Falares com o teu bebê é uma das formas mais fáceis de incentivar o crescimento craniano e a aprendizagem da linguagem.
Muitos pais e mães adotam algum tipo de 'língua de bebê' - uma voz "cantada" para falar com bebés e crianças pequenas. O ritmo chama a atenção deles e gera mais respostas. É importante, porém, usar uma linguagem adulta de vez em quando também.
Falar individualmente com o teu bebé é o melhor. Pode, porém, incluir o bebé nas conversas da mesa de jantar, fazendo perguntas e aguardar que eles 'respondam'. Não interrompas, nem olhes para outro lugar, enquanto o bebé estiver a "falar". Isso ensina o bebé que uma conversa tem duas vias, e que o que ele tem a dizer também é importante.
Olha diretamente para ele. Isso permite que o bebé entenda que estás a falar diretamente com ele e aprimora a sua capacidade de se comunicar.
Coloca nomes em tudo, durante o dia com o teu bebé, compartilha palavras correspondentes aos objetos e ações. Vais dar uma caminhada? Aponta árvores, pássaros, céu, casas, carros. Estás a cozinhar? Diz o nome de alimentos, utensílios, etc.
Narra as tuas atividades - mesmo que estejas a falar sobre dobrar roupas!
Limita o tempo a olhar para uma tela. Passar muito tempo a olhar para telas pode reduzir o crescimento linguístico. Mas se te sentares com o teu bebé a ver os desenhos animados e falares com ele em simultâneo, isso será uma excelente alternativa.

Hora de Bruços
Como e quando começar a hora de brincar de bruços
A hora de brincar de bruços é um momento em que o bebé passa períodos curtos a cada dia nessa posição. Não apenas o mundo parece diferente deste ângulo, mas a hora de bruços pode ajudar no crescimento e desenvolvimento do bebé.

Supervisiona sempre a hora de bruços, e coloca o teu bebé de barriga para cima para dormir. Para começar, podes tentar colocar o bebé de bruços, ou deitá-lo sob uma coberta no chão por 30 segundos inicialmente. Vais observar que o bebé estará mais confortável no início se ficares no mesmo nível do olho dele e brincares com ele. Aguarda para fazeres isto 30 minutos após a mamada, no mínimo, para que a barriguinha dele não esteja cheia.

Apoiados nos seus estomagos, os bebés vão, naturalmente, desenvolver músculos fortes no pescoço, ombros, cintura e cabeça - pré-requisitos para os marcos rolar, sentar, engatinhar e ficar de pé.

Aumenta o tempo até três sessões de 5 minutos cada por dia para o teu bebé de 2 meses. Aos 3 ou 4 meses, o teu bebé estará forte o suficiente para levantar o peito do chão. E aos 4 meses pode ser que ele consiga rolar. Quando o teu bebé começar a rolar sozinho, da posição de bruços para as costas e para bruços novamente (geralmente por volta dos seis meses), não precisarás mais ter um tempo específico para a hora de bruços.

Criar laços com o meu bebé
Esperaste nove meses para ter o teu bebé nos teus braços! Agora que ele está qui, queres que ele esteja sempre contigo... Será que muito amor e atenção pode mimar o bebé? A resposta direta é 'Não!' Continua e aproveita todo este aconchego. Imediatamente após o nascimento, aproveita o tempo de contato direto com a pele com o teu bebé. Isso irá estabilizar a respiração, temperatura e batimento cardíaco do bebé, o que irá limitar o choro. Cubram-se com uma coberta, e aproveita esses primeiros contatos. Ou seja, pensa nesses primeiros meses da vida de teu bebé como se estes fossem o quarto trimestre.

A transição mais fácil para o bebé é para um ambiente parecido com o útero, envolvido e abrigado perto do pai/mãe. O bebé reconhece a tua voz, o teu batimento cardíaco, os sons do teu estomago (especialmente o teu, mãe!). Isso garante que o bebé sinta-se contente e protegido, e ajuda os parentes a conectarem-se com o bebé. Os bebés desenvolvem-se melhor com atenção constante - quando a necessidade de contato é satisfeita e ele sente-se confiante, o bebé pode focar a energia no seu crescimento e desenvolvimento. Enquanto o bebé cresce, continua a satisfazer essa necessidade de proximidade.

Carrega-o quando ele chorar, aconchega-o durante o sono, e diverte-te a brincar com o teu bebé no colo. É apenas nove meses após o nascimento que o bebé começa a desenvolver a capacidade de persuasão - a partir desse momento, colocar alguns limites no quão rápido respondes pode ser uma boa ideia!

Brincadeiras para os primeiros meses do bebé
Os recém-nascidos dormem bastante, e as horas em que estão acordados parecem ser apenas para alimentá-los e trocar fraldas. Mas o teu bebé vai começar a parecer mais acordado em certas horas do dia, e estará pronto para - e se assim quiser - interagir com o mundo. Eles não podem fazer muito sozinhos, mas o teu bebé vai adorar brincar contigo.
Explora o toque, a forma e textura: Claro, brinquedos de bebés podem ajudar nisso, mas deves deixar o teu bebé lidar com tecidos, papel, e outros objetos com texturas diferentes. Não tenhas medo de colocar o bebé na relva e deixá-lo explorar a área com os próprios pés e mãos. Massagem para bebés é outra ótima forma de fazer com que o teu bebé sinta-se cuidado e, durante o aconchego, aprenda o que é um toque positivo.
Explorar sons: chocalhos, música, conversa, canto, leitura... o nosso mundo é cheio de sons. O teu bebé não será capaz de alcançar os brinquedos por iniciativa própria, mas o reflexo de agarrar permitirá que ele segure o chocalho. Balança o chocalho para ele. Fala com o teu bebé durante o dia. Canta com frequência. Lê livros todos os dias.
Explora o mundo visual: Escolhe livros e brinquedos com contraste forte ou imagens em preto e branco. Segura o bebé em frente ao espelho, ou oferece-lhe brinquedos espelhados. Sopra bolhas de sabão. Lembra-te de que a visão do bebé é melhor cerca de 30 centímetros distante da face, e eles preferem rostos mais que qualquer coisa.
Explora movimento: Dança em volta de onde estiveres, balança numa bola de fitness com o bebé no colo. Deita o bebé de barriga para baixo na bola de fitness e rola-a gentilmente em direções diferentes (enquanto mantens uma mão no bebé, é claro). Estica os braços do bebé gentilmente enquanto está sentado ou deitado de frente para ti, ou 'pedala' com as perninhas dele.

Fica sempre atenta a sinais de estímulo excessivo - tais como tentar sair de perto, olhar para um ponto infinito, esfregar os olhos, colocar o punho em frente aos olhos, ou parecer irritado ou sonolento - e dá ao bebé tempo para descansar durante a brincadeira quando notares estes sinais.

Ler com o bebé todos os dias
Da hora de criar laços até o momento de aprender como o mundo funciona, existem muitas razões para leres para o teu bebé antes que ele possa dizer "Abram alas para o Noddy". Ler todos os dias, ajuda o teu bebé a aprender sons e palavras, os quais são os blocos diários básicos para as habilidades de linguagem e comunicação que durarão para sempre.

Ler estimula a criatividade da criança, o desenvolvimento do cérebro, e a independência. Mesmo que o teu bebé os coloque primeiro na boca, a exposição aos livros desde cedo fará a diferença a longo prazo, impulsionado as habilidades linguísticas da criança e tornando-os ainda mais interessados em aprender a ler.

Quão maior é o número de palavras às quais o teu pequeno é exposto enquanto bebé, melhores serão as suas habilidades pré-escolares. Eles estarão melhor preparados para começar a ler sozinhos e, com sorte, serão amantes de livros para sempre!

Aponta, comenta, e faz perguntas enquanto lês, são formas de introduzir coisas do dia a dia para o teu bebé, além de ajudá-lo a entender como as palavras se relacionam a imagens, e a forma como a linguagem é feita de símbolos.

Enquanto lês em voz alta para o teu bebé, ele pode não entender o que estás a dizer, mas irá seguir a forma como estás a dizer as palavras. Ouvir o teu tom de voz, ritmo e inflexões irá ajudar o teu pequeno a afinar as próprias palavras.

Seja quando cantares uma rima infantil, ou apenas quando falares alto os títulos dos jornais ou revistas, o ritual de ler para o teu bebé pode ser uma forma maravilhosa para simplesmente passarem tempo juntos. O teu bebé irá adorar essa atenção quase tanto quanto irás amar ver o teu pequenino tagarela crescer.

0 comentários:

Publicar um comentário

Deixa o teu comentário!
Os comentários são moderados, pelo que podem não ser visíveis logo após o envio!