Marrocos | Marrakesh


Uma das quatro cidades imperiais de Marrocos, Marrakesh teve muitas identidades ao longo de sua longa e célebre história. Séculos depois de servir como capital de quatro dinastias diferentes, hoje o centro cultural homenageia as suas tradições antigas ao mesmo tempo em que olha - e constrói - para o futuro. Se aprecias extremos, Marrakesh é uma das cidades ideais para visitares. Em que outro local do mundo podes passear num mercado medieval repleto de energia dos nossos antepassados e de seguida ir relaxar num jardim tranquilo contemplando a vista e um inusitado chá de menta?! Bem vindo a Marrakesh!
Curiosidade
O apelido de Marrakesh, “a Cidade Vermelha”, vem das paredes cor de rosa que cercam o bairro antigo.

Marrakesh, Marrocos
N 31,62 ° / W 7,98 °


QUANDO VISITAR
Março a Maio
Marrakesh é quente no verão - muito quente. Antecipa-te ao calor visitando na primavera, quando está quente o suficiente para teres uma noção do clima do norte de África, mas que permita sentires-te confortável para desfrutar. Os vales próximos estarão floridos, adicionando cor às vistas já bonitas, e podes também desfrutar das chuvas ocasionais e repentinas de Abril e Maio.


Jardin Majorelle | @pixelpann

Contraste perfeito
Com dois hectares e meio, o Jardin Majorelle é um dos locais mais emblemáticos da cidade. Isso se deve em grande parte ao tom de azul, onipresente neste jardim botânico inaugurado em 1923. Além dos jardins repletos de cactos, há também uma vila cubista que abriga o Museu de Arte Islâmica de Marrakesh, o Museu Berber e o Museu Yves Saint Laurent.


#medinaofmarrakesh | @laurageissend

Encantadores de serpentes e tatuagens de hena
É agora a tua oportunidade de ver ao vivo e a cores, os encantadores de serpentes e mercadores de macacos. A variedade de ruas estreitas labirínticas que compõem a Medina de Marrakesh pode ser intimidante para os iniciantes, mas este Património Mundial da UNESCO será um dos mercados mais empolgantes e misteriosos que já exploraste. Com artistas de rua, curandeiros, tatuadores de henna e todos os tipos de outros comerciantes, é uma oportunidade única de vivenciar Marrakesh - e, por extensão, Marrocos - em um microcosmo. Certifica-te de parar também em Jemaa el-Fna, onde ocorriam as execuções públicas há 1000 anos (o seu nome se traduz como "assembleia dos mortos"), mas é muito mais amigável hoje em dia, sem dúvida.


Tumbas Saadianas | @b_tyce

A Vida após a Morte
O local de descanso final do Sultão Ahmad al-Mansur, as Tumbas Saadianas foram construídas no século 16, mas permaneceram desconhecidas até 1917. Sessenta outros membros da Dinastia Saadi também estão sepultados aqui e, embora sombrio, não é exatamente um lugar de lamento. Na verdade, com madeira de cedro, estuque e mármore de Carrara, os túmulos são extremamente bonitos. Há três salas, a mais popular das quais apresenta a famosa Câmara dos 12 Pilares - um verdadeiro grande mausoléu que faria até mesmo "corar os faraós".


Deserto do Saara, Marrocos | @emilygoesplaces

Marrocos de Camelo
Marrakesh fica à porta das impressionantes Montanhas Atlas. A melhor maneira de realmente experimentar-mos estes picos nevados é montando um camelo - uma experiência ainda melhor com a inclusão de uma caminhada de camelo. Há cachoeiras para explorar, chá de hortelã para beber e aldeias berberes para aprender. É uma viagem divertida e relaxante, sem falar que é uma ótima maneira de vislumbrar o lado mais tranquilo do Marrocos sem nos afastarmos muito da cidade.



DESCOBERTA DE EBRU
@thesunsetcolada
"Foi uma daquelas viagens que mantenho muito perto do meu coração. Marrocos é definitivamente um país que voltarei a visitar em breve e esta linda Villa Persa será novament a minha casa".


Riad BE Marrakech | @vanessafooddiary

O tempero da cidade
Escondido na praça de especiarias Rahba Kedima, o Café des Epices é o que você pode chamar de "chique gasto". O restaurante de três andares tem vista para a praça e os seus aromas vão deixar-te com água na boca antes mesmo de abrires o menu. Felizmente, a comida real - uma variedade de sandes, chás, saladas, omeletes e tajines - mais do que satisfará os teus desejos. Para algo um pouco mais sofisticado, experimenta a comida no Riad BE Marrakech . O ambiente é relaxante e luxuoso, e a comida vale cada centavo.


Villa des Orangers Relais & Chateaux | @tallisjourneys

Relaxa em um riad
Como um oásis privado, o Villa des Orangers é um hotel cinco estrelas situado entre o Palácio Real e a Praça Jemaa El Fna. É também um riad, uma mansão tradicional marroquina com um pátio interno, o que só aumenta a sensação de ter sido levado embora para algum lugar não muito real. Com três piscinas, um spa e um hammam (banho turco), quase vale a pena fazer a viagem só para ficar aqui. Orangers não é o único lugar tranquilo para descansar, pois Riad Kheirredine também é adorável. O edifício em si é tão impressionante quanto as vistas, com piscinas estreitas e majestosas camas cobertas.


Marrakech | @brunocesarqg

Dicas de quem já visitou
"Faz um tour pela Mesquita Hassan II, que tem o maior minarete do mundo. Isso te deixará sem palavras, a bela arquitetura desta mesquita é algo para ser visto." - @adrienne___w
"Adorei perder-me nas cores e cheiros do souk." - Aurora
"Bem dentro da Medina há outro jardim escondido, muito menor, mas uma joia no caos da cidade, chamado Jardin Secret. É um local de escape perfeito durante uma típica tarde caótica na cidade." - @ giu.braz

0 comments:

Enviar um comentário

Deixa o teu comentário!
Os comentários são moderados, pelo que podem não ser visíveis logo após o envio!