A segurança do bebé

Muitas coisas acontecem quando tornas-te pai ou mãe, coisas que ninguém te avisou antes. Algumas delas relacionadas com o teu corpo (deixaste escapar um pouco de xixi quando riste? Não te preocupes: isso é normal.) Já outras estão ligadas ao teu novo estado de espírito. E outras ainda estão relacionadas às ideias malucas que vêm à tua mente.

Isso mesmo. Podes ter passado a vida toda a acreditar que eras bastante racional e tinhas controle sobre os teus pensamentos. Mas, agora que tiveste um um filho, sabes a verdade: o teu cérebro é perfeitamente capaz de ter ideias que gostarias de nunca ter tido. E, às vezes (talvez até muitas vezes), terás lampejos de todas as coisas horríveis que podem acontecer com o teu bebé e ficarás com vontade de chorar e apagar esses pensamentos da cabeça.

Não te preocupes, isso também é normal, embora seja verdade que a maioria de nós provavelmente gostaria de evitá-los, não desejas passar o resto da vida a imaginar o que pode acontecer de pior. E, após meses de noites mal dormidas, é uma pena estragar a primeira noite de sono completa com um ataque de pânico causado pela ideia de que o teu bebé não acordou de madrugada porque não está a respirar.

Mas se isso te deixar mais descansada, pula da cama e vai até o berço para ver se está tudo bem – todos os pais ou mães fazem isso nas primeiras vezes.

O importante é informares-te ao máximo sobre as maneiras como tu e o (a) teu (tua) parceiro (a) podem abrandar alguns dos temores que estão a sentir tomando medidas para manter o bebé em segurança.


0 comentários:

Publicar um comentário

Deixa o teu comentário!
Os comentários são moderados, pelo que podem não ser visíveis logo após o envio!