Desenvolvimento: 3 semanas de vida

A 3ª semana do recém-nascido
Já deves estar a sentires-te mais segura com o teu pequenino e o baby blues deve ter diminuído. Os teus hormónios estão a estabilizar, mas se ainda te sentires muito emotiva, estiveres a chorar com frequência ou não conseguired dormir, procura manter a tua rede de apoio por perto.
O teu bebé agora está no "quarto trimestre", e podes ter que lidar com mais choro que anteriormente. Os bebės choram mais após 2 semanas, aproximadamente, pois estão mais alertas, e o choro é a única maneira que eles têm de comunicar as suas necessidades. Isto pode ser stressante para os pais, mas há muito o que podes fazer para ajudar o teu bebė a se adaptar a este novo mundo.
  1. "Viste" o teu bebė. Compra um sling que tu e o seu bebė gostem e certifica-te de que o pequenino está bem confortável contra o teu corpo e virado de frente para ti. Isto recria um ambiente parecido com o do útero para o seu bebė e, assim, os picos de choro serão menos frequentes.
  2. O contato pele a pele continua a ser muito benéfico, tanto para os pais quanto para o bebė. O nível de açúcar no sangue, a respiração e a circulação do teu bebė estabiliza e ele pega melhor o peito se tiver tido contato pele a pele antes de mamar. As mães e os pais relaxam quando o bebė está no peito, e isto também acalma o teu anjinho.
  3. Dá banho ao bebė com frequência. O coto umbilical já deve ter caído, então a água ao redor do teu bebė cria um ambiente tranquilo, similar ao que ele estava acostumado no útero.
  4. Enrolá-lo em um cueiro (sem apertar demais) é outra maneira de recriar a sensação de segurança que ele tinha no útero, resultando num bebé mais calmo, que chora menos e dorme melhor. Procura não deixar o bebė muito apertado, pois isto já foi apontado como causa da displasia no quadril. Enrola-o de modo que as perninhas dele fiquem mais soltas.
  5. Amamenta o bebé sempre que ele quiser. Os recém-nascidos mamam com frequência porque precisam estimular a produção de leite e encher aquelas barriguinhas que se esvaziam tão rapidamente.
  6. Movimenta o teu bebé. Bebés gostam de ser empurrados no carrinho, embalados no berço ou carregados em um sling. Esse tipo de balanço lembra os movimentos que eles sentiam no útero.
  7. Encontra um ruído brando que agrade ao teu bebė, pois ele está acostumado a ouvir os sons do útero. Lá dentro, ele ouvia os sons da digestão, os teus batimentos cardíacos, barulhos do mundo exterior e do sangue a correr nas veias. Recriar um ambiente sonoro equilibrado pode ajudar o teu bebé a se acalmar. Podes usar uma APP com sons de batimentos cardíacos, ondas do mar, música suave ou até mesmo o teu aspirador de pó.
Simular experiências similares às do útero para o teu bebė neste momento é uma ótima maneira de acalmá-lo e ajudá-lo a adaptar-se ao mundo, e também pode ser relaxante para ti.
Se fores pai de primeira viagem, deves estar a perguntar-te onde encaixas nisto tudo. Se deres uma olhada nas sugestões acima, verás que não há muito o que possas fazer além de carregar (ou "vestir") o bebė, procurar conhecê-lo e comunicares com tua parceira. Ouve a tua parceira, ajuda-a a recuperar-se do parto e não te preocupes se ela ainda estiver na fase do baby blues. Lembra-te de ouvires-te a ti mesmo também e procurar descobrir o que funciona e não funciona na tua nova vida.

0 comentários:

Publicar um comentário

Deixa o teu comentário!
Os comentários são moderados, pelo que podem não ser visíveis logo após o envio!