Porque Usar Cosméticos Biológicos?

Para cuidar da beleza da pele mas sobretudo da saúde, não esquecendo, ao mesmo tempo  que protegemos o planeta e os animais...os cosméticos biológicos são a melhor opção na cosmética. Se ainda não te rendeste, eu dou-te os motivos!

O que são? 

Os cosméticos biológicos são formulados, principalmente, com matérias-primas naturais, na sua maioria de agricultura biológica. 


Então, mas natural não é biológico? Não é. “Há marcas que dizem que sim, mas é muito diferente. Um produto natural tem uma certa percentagem de extrato de cenoura, por exemplo, e o resto são substâncias tóxicas nocivas que o compõem”.

VANTAGEM PRINCIPAL
Os ingredientes naturais usados são eficazes e não deixam lugar para ingredientes sintéticos (sem real interesse para a pele): hidratam, nutrem, equilibram, purificam e protegem todos os tipos de pele. 

QUESTÃO AMBIENTAL
Oferecem também a garantia de um modo de produção que preserva o ambiente. Como a grande maioria dos ingredientes usados são de agricultura biológica, são excluídos pesticidas, herbicidas, fertilizantes químicos e OGM. Os processos de transformação são por norma simples e não poluentes (pressão a frio, maceração, extração com vapor de água, etc.). As substâncias poluentes ou dificilmente biodegradáveis são interditas e as embalagens são recicláveis. 

BEM-ESTAR ANIMAL 
Desde 2013 que os testes em animais para produtos cosméticos são totalmente proibidos na União Europeia, mas um cosmético biológico nunca foi testado em animais. No entanto, alguns cosméticos biológicos podem conter ingredientes derivados de animais, desde que não tenham qualquer efeito negativo na saúde destes, como, por exemplo, o mel ou a geleia real. 

PROTEGER A SAÚDE 
Muitos químicos usados nos cosméticos convencionais, além de causarem irritações, alergias e outras reações adversas, são tóxicos e estão correlacionados com algumas doenças, como desregulações hormonais ou cancro.

Substâncias que não encontras em cosméticos biológicos:

·DERIVADOS DO PETRÓLEO como parafina, silicone, óleos minerais 
·PEG 
·SAIS DE ALUMÍNIO 
·SLS (SODIUM LAURIL SULPHATE) 
·PERFUMES SINTÉTICOS 
·CORANTES ARTIFICIAIS 
·FTALATOS 
·CONSERVANTES SINTÉTICOS como parabenos, fenoxietanol, EDTA.

Com o avançar dos anos, a produção foi evoluindo e hoje já há muitos produtos considerados biológicos. Para o serem há muitas regras a respeitar:· Não têm nem um por cento de substâncias tóxicas nocivas, como parabenos, sulfatos de sódio e óleos minerais;· Contêm apenas água, vitaminas, óleos essenciais e extratos de plantas;· São feitos em embalagens sustentáveis e recicláveis;· São cruelty free, ou seja, não são testados em animais;· São produzidos a partir de comércio justo;· São produzidos em fábricas que só são limpas com produtos biológicos.
“Só agregando todas estas características é que podemos afirmar que se trata de cosmética biológica. Se não tiver uma delas, as pessoas já estão a ser enganadas e os resultados não são visíveis”, explicou Cátia.

0 comentários:

Publicar um comentário

Deixa o teu comentário!
Os comentários são moderados, pelo que podem não ser visíveis logo após o envio!