#6 Filmes à Natal

HoHoHo! Apesar de ser uma consumidora assumida de séries, nesta época não consigo fugir ao espírito dos Filmes à Natal. Se és como eu, deixo-te algumas dicas para veres (ou reveres). Feliz Natal!


Hotel Trânsilvânia
Durante séculos, os monstros viveram nas sombras, alimentando o medo nas almas humanas. Hoje, porém, existe um lugar especial onde, finalmente, todas as criaturas se podem encontrar: o Hotel Transylvania. Criado por Drácula, é o lugar perfeito para hóspedes de todos os géneros se afastarem das vicissitudes do dia-a-dia e relaxar. Lá, tudo é tranquilo e adequado às necessidades de cada um. Sete anos antes, depois de um encontro inesperado que os fez mergulhar na paixão, a vampira Mavis, filha de Drácula, e o humano Jonathan casaram-se. O resultado desse amor foi um rebento híbrido de nome Dennis. Drácula, agora avô de uma criatura adorável, vive constantemente de coração nas mãos, na ânsia de encontrar no pequeno um qualquer indício de uma verdadeira criatura das trevas. Contudo, isso tarda a chegar. É então que, num último laivo de esperança – e aproveitando o facto de Mavis ir visitar os pais de Jonathan –, resolve pedir ajuda aos seus amigos mais próximos para inscrever Dennis numa escola para ter formação de monstro. Talvez assim o pequeno se pareça um pouco menos com um simples humano e consiga revelar o seu lado mais sombrio…


A Viagem de Arlo
Como seria o Mundo se, por um mero acaso do destino, o asteróide que chocou com a Terra há aproximadamente 65 milhões de anos tivesse passado ao largo? Neste cenário hipotético, os dinossauros e os seres humanos teriam de se habituar à presença uns dos outros, partilhando “habitats” e formas de sobrevivência. “A Viagem de Arlo” segue esta premissa e conta-nos a história de amizade entre Arlo, um jovem e pacífico apatossauro de 70 metros, e de Spot, uma pequena cria de Homo Sapiens. Juntos, enfrentando muitos perigos, os dois amigos embarcam numa épica aventura pelas paisagens assombrosas do planeta Terra onde as diferenças abissais entre eles apenas são superadas pelo enorme sentimento de companheirismo, generosidade e confiança mútua.

Mune, o Guardião da Lua
No mundo das fábulas e histórias de encantar vive Mune, um pequeno fauno lunar muito tímido e pouco seguro de si. Quando é nomeado Guardião da Lua, responsável por trazer a noite e tomar conta do mundo dos sonhos, vê-se obrigado a aceitar a responsabilidade. Mas quando o Guardião das Trevas decide roubar o Sol, o pequeno fauno descobre em si uma coragem que nunca imaginou possuir. Assim, com a ajuda do arrogante Sohone, o Guardião do Sol, e da sua amiga Cire, uma frágil criatura de cera, Mune vive uma aventura extraordinária que mudará, para sempre, a forma como se vê a si mesmo.

Aviões; Equipa de Resgate
A vida de Dusty Crophopper tem sido um desfilar de situações singulares. De simples avião fumigador, passou a corredor fora de série, cujas competições, ao lado dos mais habilidosos pilotos do mundo, se tornaram lendárias. Mas tudo muda quando, num fatídico dia, sofre uma lesão grave no seu pequeno motor que parece deitar tudo a perder. Consciente do fim da sua carreira nas corridas, Dusty regressa a Propwash Junction, a terra que o viu nascer, onde espera poder acabar os seus dias. Porém, como se costuma dizer, a vida é uma caixa de surpresas. Forçado pelas circunstâncias a mudar o rumo da sua existência, ele é incitado a usar os seus conhecimentos de voo para treinar com a equipa de combate aos incêndios na Base Aérea de Pico Pistão. Ali vai encontrar amigos que lhe darão um novo ânimo para superar as dificuldades. É com este grupo de corajosos, que se dedicam a enfrentar o perigo pela simples gratificação de ajudar, que o pequeno avião vai descobrir o que verdadeiramente significa ser um herói.


Os Monstros das Caixas
Ponte de Queijais é uma cidade cujos habitantes, endinheirados e cheios de classe, têm um gosto especial por queijos exóticos. Debaixo desta grande metrópole, em cavernas subterrâneas, vivem os monstros das caixas, seres odiados pelos cidadãos de Ponte de Queijais, que acreditam que eles possuem poderes maléficos e que lhes querem roubar as criancinhas (ou, pior ainda, os queijos!). Porém, a verdade é que se trata de uma comunidade de adoráveis criaturas que, para além da sua enorme propensão para a felicidade, gostam de vestir caixas de cartão como se fossem carapaças. Quando um menino órfão é encontrado num subterrâneo, estes estranhos seres adoptam-no como se fosse um deles, dando-lhe o nome de Ovos. Todos convivem pacificamente até ao dia em que um perverso exterminador do mundo de cima decide erradicá-los definitivamente e "salvar" a cidade daquela terrível "praga" de monstruosidades. Para construírem uma ponte entre os dois mundos e poderem provar a todos que o que se diz sobre as suas intenções não passa de uma lenda inventada, os monstros das caixas terão de se valer de Ovos, o único ser humano que os conhece verdadeiramente.


Os Coopers são o máximo
Chegámos à tão esperada época natalícia. Todos os membros da família Cooper se esforçam por estar presentes na tradicional noite de consoada. De coração cheio de amor uns pelos outros, o grande desafio é conciliar o temperamento dos mais velhos com as personalidades dos recém-chegados. Mas, apesar das expectativas, a noite nunca corre como o esperado e, no meio da tradicional confusão, cada um vê ser posto à prova o seu espírito de união…



Entrelaçados
Flynn Rider, o fora-da-lei mais procurado de todo o reino, encontra refúgio numa altíssima torre onde dá de caras com Rapunzel, uma bela (e ousada) donzela cuja farta cabeleira de 20 metros é apenas uma das suas extraordinárias peculiaridades. Porém, mesmo as raparigas mais corajosas têm as suas fraquezas e este bandido tem um poder de sedução bastante acima da média, acabando por arrebatar o pobre coração de Rapunzel. Assim, depois de um castigo eterno naquela torre solitária, ela encontra a oportunidade de toda uma existência de aborrecimentos: sair para o mundo, enfrentar o perigo e viver grandes aventuras. Mas, uma vez fora da torre, será ela capaz de lidar com um bandido sedutor, um cavalo polícia, um camaleão com instintos paternalistas e um bando de rufias carrancudos?


Monstros: A Universidade
Quando, há mais de uma década, conhecemos os monstros James P. "Sulley" Sullivan e Mike Wazowski, pudemos perceber como funciona uma fábrica de sustos: o que fazem, como são e qual o objectivo de aterrorizar as criancinhas. O que ainda não nos tinha sido revelado era qual a formação ou grau académico necessário para cada função. Por esse motivo, recuando dez anos, vamos ter oportunidade de conhecer os nossos heróis no seu percurso universitário. Nessa época, eles eram jovens e inconscientes, e a sua existência variava entre ódios de estimação e a camaradagem sem igual…


Mínimos
Os Mínimos são uma comunidade de incontáveis seres pequenos, amarelos e em forma de comprimido. Incansáveis e algo insanos, são dotados de um humor só comparável à tendência para tropelias. O sentido da vida destas criaturas depende de uma única coisa: servirem um vilão. Com Gru, um maldisposto crónico, encontraram a simbiose perfeita. Mas nem sempre foi assim. Esta é a história da sua evolução desde os primórdios dos tempos. É também a história da sua longa e infrutífera busca por um amo, do tiranossauro a Napoleão, passando pelo Conde Drácula. Em 1968, 42 anos a.G. (antes de Gru), os Mínimos estão deprimidos e sem mestre. Três deles – Kevin, Bob e Dave – decidem fazer-se à estrada em direcção a Orlando (EUA), onde decorre a maior de todas as convenções de detestáveis, temíveis e maldosas figuras: a Vilão-Con. Ali encontram Scarlett Overkill, a primeira supervilã do mundo. Convencidos de que encontraram a chefe perfeita, vão trabalhar para ela em Londres (Inglaterra). Rapidamente se vêem embrulhados em aventuras em catadupa que vão incluir o maior desafio da sua existência: a salvação de todos os Mínimos.




UTILIZA O CÓDIGO DELTAFERREIRA PARA 10% DESCONTO