É verdade que no verão não apetece tanto ligar o forno, mas se o teu objetivo é manteres uma alimentação consciente e evitar comprar pão industrializado esta receita é muito rápida de ser executada e ideal para toda a família.
Olá Verão! Inspirada na receita tradicional de Tarte Gelada de Morangos esta é uma versão mais saudável indicada para toda a família, mas sobretudo para grávidas, mulheres a amamentar e crianças.
Este mês é muito dedicado, quer no instagram quer no blog, às receitas que mais consumimos e apreciamos cá em casa. Hoje reuno algumas receitas que são ideais para serem consumidas um pouco por todos os integrantes da família (por vezes com algumas adaptações).
O Dinis adora comidas no forno e esta receita de quiche fazemos principalmente em dias de folga do trabalho, já que é rápida e deliciosa - ideal para toda a família levar para um piquenique ou até para a praia (crianças +12 meses).
Os passeios de verão em família são habituais e viajar com bebés e crianças exige um esforço extra para que tudo corra o mais relaxadamente possível. Com o Espelho Retrovisor e Capa para Tablet, e a Mochila Porta-bebé Multiposições Revolution da Jané, passear e manter as crianças distraídas nunca foi tão simples e eficaz!

Agosto é o mês das nossas férias este ano.
Quer seja numa viagem de longo percurso, para nós, alguns utensílios tornaram a nossa vida mais fácil na estrada e em passeio. Recentemente fizemos uma viagem de autocaravana em família e foi maravilhoso!

Como mencionei no post "Viagens de carro com bebé a bordo" com a cadeira auto Zeus da Be Cool (aqui), ter em consideração alguns fatores que influenciam o conforto e bem-estar do bebé, podem determinar o sucesso de uma viagem quer seja ela curta ou longa, nomeadamente:
• Uma cadeira auto almofadada e confortável, regulável em várias posições e com redutores que possam ser colocados ou retirados conforme a necessidade e idade do bebé, irá beneficiar uma viagem mais cómoda e confortável;
• Uma cortina extensível(aqui) ou uma cortina dobrável(aqui) irá proteger o bebé do sol e do excesso de luminosidade e incentivar o relaxamento do bebé;
• Observar o bebé durante a viagem através de um espelho, pode diminuir também a ansiedade de verificar o bebé constantemente (aqui);
• Utilizarmos uma manta em detrimento de camadas de roupa, pode contribuir para um maior conforto do bebé, já que conforme a temperatura ambiente, pode ser necessário ajustar a roupa ao bebé, tendo uma mantinha, basta colocar ou retirar de forma prática e rápida;
• Fazermos recurso a brinquedos ou música durante a viagem, pode ajudar o bebé a manter-se calmo e distraído durante o percurso. Podemos utilizar a função de colocar o tablet até 10" do versátil Espelho retrovisor e capa para tablet da Jané;
• Manter tudo o que o bebé ou criança precisa numa mochila - muda-fraldas, fraldas, toalhitas, muda de roupa, saqueta de fruta, frutas e garrafa de água - para um fácil acesso.

Utilização de Tablet
Quem é pai e mãe sabe que os desafios da parentalidade são muitos. Sei que existe muitos pais que não pretendem que os seus filhos sejam expostos a tablets (ou outros aparelhos eletrónicos, como tv, telemóvel e até brinquedos) na sua infância. Isto porque estudos indicam que uma exposição excessiva a tecnologias está associada a um défice do funcionamento executivo cerebral e de atenção, a atrasos cognitivos, a uma aprendizagem debilitada, à diminuição da capacidade de autoregulação e ao aumento da impulsividade - eu considero que a utilização esporádica não deve ter objeções. Estamos na era digital, e temos de adaptar os nossos filhos a essa necessidade futura. A chave está em utilizar esta ferramenta a favor dos nossos filhos! 

O Dinis foi exposto pela primeira vez a um tablet quando tinha perto de 12 meses. Estava a passar por uma fase abrupta de emoções e desenvolvimento, e honestamente, senti que ter utilizado o tablet foi uma excelente opção. Através do tablet expus-lho a músicas e sons de relaxamento, como ASMR, e senti que dias depois - coincidência ou não - ele tinha voltado à versão dele próprio que eu e o pai conhecíamos. Mais tarde, com cerca de 15 meses, novamente... e novamente eu utilizei a mesma técnica. Quando o exponho ao tablet é durante o "período de crise/salto de desenvolvimento" e por tempo curto - 10 a 15 minutos por dia, intercaladamente. 

Recentemente, quando sentimos necessidade, utilizamos o tablet no carro, como meio de entretenimento, graças à função de capa para tablet do espelho retrovisor da Jané nos períodos em que por algum motivo tem de estar à espera do pai ou da mãe - por exemplo, quando eu vou ao dentista ou ao hospital a uma consulta de rastreio e o pai e o bebé ficam no carro à minha espera, depois de um passeio pelo parque ou quando as condições meteorológicas não permitem passear a pé. Para nós o tablet é uma mais valia, porque nós assim o fazemos por ser! Acima de tudo, nós encaramos o uso com leveza, precaução e moderação.

Tablet and safety mirror da Jané (aqui)
Espelho retrovisor e capa para tablet até 10"
O Espelho retrovisor da Jané é um 2 em 1 que pode ser utilizado desde o nascimento. De um lado é um espelho retrovisor e do outro é uma capa para tablets até 10". Idealizado para ser fixado na horizontal ou vertical, ajusta-se a todos os encostos para a cabeça do mercado e, graças ao seu sistema de velcros, também se adapta à maioria dos tablets, inclusive dos minis. Vem acompanhado com um espelho retrovisor de tamanho reduzido, ideal para ser utilizado quando a capa de tablet é adicionada no encosto da cabeça. Tem uma tira especial para podermos fixar a capa na barra protetora "bumprider" do carrinho e, assim, o bebé pode ver o tablet enquanto estamos em filas de trânsito ou numa viagem longa.

Características
• 2 em 1: espelho retrovisor de um lado e capa para tablet até 10" no outro 
• sistema de velcros para se adaptar à maioria dos tablets, inclusive dos minis
• pode ser fixado na horizontal ou vertical no encosto da cabeça do automóvel
• pode ser fixado na barra protetora "bumprider" do carrinho de passeio através de uma tira especial
• inclui um espelho mini retrovisor adicional
• dimensão 27x20cm


Levar o bebé connosco para todo o lado
O babywearing não é nada de novo. Já existe há séculos, aquando utilizado pelas tribos nativas.
A maioria das nossas avós que trabalhavam no campo, utilizavam de alguma forma as crianças às costas, e ao longo dos anos, as marcas foram aperfeiçoando os modelos - variando padrões, cores, tecidos, materiais utilizados - e demonstrando constante preocupação com a ergonomia do bebé e também do conforto do portador.

Carregar o bebé desde recém-nascido numa mochila o fará sentir-se seguro, ao sentir o nosso calor, respiração, coração e a ouvir nossa voz. Quando carregamos o bebé perto de nós, tocamo-lo com mais frequência, afagamos-lhe a cabeça ou beijamos a sua testa. Tudo isto fortalece o importante vínculo afetivo entre os dois, não só como recém nascidos, mas também ao longo do seu crescimento. Especialmente no caso dos recém-nascidos - que não conseguem um longo alcance da visão - diante de qualquer insegurança o bebé pode olhar para nós, sentir o nosso calor e confiar que o protegemos.

Benefícios do uso de uma Mochila Porta-bebé
• saídas de casa facilitadas (passeios, compras, escadas, degraus, transportes públicos);
• acalmam-se mais rapidamente, o que resulta em menor período de choro;
• menor probabilidade de plagiocefalia (deformações do crânio);
• melhor interação social e com o seu meio envolvente;
• o bebé tem menos cólicas, refluxo e regurgitação;
• menos problemas no desenvolvimento da coluna;
• melhora o tónus muscular e coordenação motora;
• maior apego e comunicação com o bebé;
• os bebés são protegidos de beijinhos e colos alheios.






Mochila Porta-bebé Multiposições Revolution da Jané Grey Land (aqui)
A Mochila Porta-bebés Revolution da Jané foi desenhada e confecionada para poder ser utilizada em todas as etapas de crescimento e desenvolvimento do bebé. Reparte o peso e evita o cansaço ao carregarmos o bebé desde o seu nascimento, graças ao seu extenso tecido ventral e ao seu cinto dorsal largo, que evita concentrar todo o peso nas nossas costas como aconteceria com uma mochila convencional. Podemos utilizá-la comodamente ao peito, nas costas e de lado ou apoiado na nossa anca, com ou sem assento - e em todas as funcionalidades assim que o bebé já mantiver controlo do pescoço e da coluna.

Enquanto o bebé ainda é muito pequeno, é recomendado extrair o assento para que a coluna não se ressinta até ficar mais madura e que o bebé seja mais autónomo. Para isso, retira o assento e poderás aproveitar o espaço do mesmo para ter um bolso para a cintura funcional ou um grande bolso para guardar os nossos objetos pessoais e tê-los facilmente à nossa mão (chaves, telemóvel, snacks, água, etc.). Podemos utilizá-la para uma caminhada pelo bairro, pela praia, uma ida ao hipermercado ou num passeio em família. Pode ser utilizada por qualquer outro membro da família (adulto), pois adapta-se rapidamente à fisionomia do nosso corpo.

O seu design baseia-se em proporcionar ao bebé a melhor posição desde os seus primeiros meses vida e portanto, a abertura das pernas em “M’”estudada pelos cientistas para que a anca do nosso filho tenha o desenvolvimento correto de forma a evitar Displasia da Anca.
Com proteção da nuca e pescoço protegeremos o bebé quando caminhamos, enquanto o bebé não possui controlo cefálico. Alem disso, o redutor de pernas ajusta em altura e largura para que o bebé recém nascido se mantenha seguro.

Quando o bebé atinge algum peso e pede maior mobilidade (já anda mas pede colo com frequência), esta inovadora mochila transforma-se num assento rígido que deve ser colocado na zona da nossa anca e permitirá transportar o bebé, sem dobrarmos a coluna, mantendo uma posição segura e confortável para ambos.

Características
• pode ser utilizada desde o nascimento do bebé - 0 aos 9 kg com redutor e proteção cervical; dos 9 aos 15kg como mochila com ou sem assento interior (sem redutor); e dos 15 aos 22kg apenas como assento;
• a mochila pode ser usada frontalmente, às costas ou de lado;
• ergonomicamente pensado para ajudar no desenvolvimento da anca do bebé;
• correias largas e reguláveis até 130cm que permitem ajustar às nossas medidas e do bebé conforme o seu crescimento, e distribuir o peso e proteger a coluna cervical do portador;
• protetor de nuca e interior acolchoado para proteger o bebé;
• malha de rede para o verão e capa de frio totalmente extraível e reversível: lisa ou estampada;
• bolso de malha e bolso com fecho para colocar objetos (de fecho, quando não utilizado o assento rígido);
• material da mochila em 100% algodão;
• medidas 23 x 18 x 29 cm

Uso conforme o peso do bebé
De recém nascido - até 4 meses ou 9kg
Com a proteção entre pernas e proteção da nuca

A partir dos 4 meses e até 15kg
Opção sem assento no sentido da marcha e com assentido no sentido da marcha

A partir dos 6 meses até 18kg com ou sem assento (tu escolhes a melhor opção)
Sem assento, com o bebé frontalmente para nós
Sem assento, como bebé colocado nas nossas costas
Sem assento, bebé colocado lateralmente
Com assento, com o bebé frontalmente para nós
Com assento, como bebé colocado nas nossas costas

A partir dos 18 meses até aos 22kg
Só assento, na posição fontal ou lateral











A nossa utilização
Desde o nascimento, o bebé passará por várias fases de desenvolvimento, e com a prática e versátil Mochila Porta-bebé Multiposições Revolution da Jané, podemos usufruir de todo o seu potencial no nosso dia-a-dia familiar.
Sempre que vou ao hipermercado levo-a como assento, não só porque o Dinis pede colo, mas também porque é muito mais prático andar pelos corredores com o Dinis no assento e rapidamente fazer as compras, ou colocá-lo no chão para que ele explore ou coloque as compras no carrinho.
Quando vamos passear e fazer caminhadas ele adora ir na mochila com o assento, e não é pouco frequente até adormecer enquanto o transportamos.

SOBRE A JANÉ
Tudo começou quando Manuel Jané Vidal, desafiado pelo seu pai (que era serralheiro de profissão), criou orgulhosamente um carrinho de bebé para o seu filho recém-nascido. A invenção causou tanta admiração entre amigos e vizinhos, que se animou a construir mais alguns carrinhos que se dobravam, tornando-os muito mais práticos e funcionais. Manuel levou as suas criações a um dos principais armazéns de Barcelona e apenas uma semana depois chegaram os primeiros pedidos. Foi assim como a Jané nasceu e, ao longo dos anos, muitas outras inovações surgiram. 
O Grupo possui os seus próprios escritórios de Design, também com sede em Stuttgart, na Alemanhã, e integra uma ampla equipa multidisciplinar de designers industriais, gráficos e de moda, engenheiros, mecânicos, etc. Sendo um dos principais líderes mundiais em cadeiras auto, carrinhos e produtos para bebés, o grupo opera em mais de 30 países na Europa e mais de 20 países na América do Sul, Ásia, África e Oceânia.

REDES SOCIAIS