#UmaSóMarca: a hashtag que junta várias marcas portuguesas

Catarina Vassalo, proprierária da promissora marca portuguesa de toucados e outros acessórios Cata Vassalo, gosta pouco de estar parada. Quando se viu em pleno surto da Covid-19 em Portugal, começou a pensar em formas de se manter ativa. Em conversa com uma amiga, decidiu criar a #UmaSóMarca, uma hashtag que funciona como plataforma e agrega conteúdos de várias marcas portuguesas.

“Sentia que tinha que fazer alguma coisa. Estamos todos a viver um período difícil da nossa história e, mais do que nunca, é preciso termos esperança mas também começarmos a agir com as ferramentas que temos. Numa conversa com a minha amiga Inês chegàmos à conclusão que criar este movimento podia fazer a diferença porque, no fundo, todas as pessoas têm uma marca para deixar. Ou seja, todos temos um papel ativo tanto no presente como na reconstrução do futuro”, diz à NiT.

A ideia é que qualquer pessoa tenha acesso, através da hashtag, a tutoriais, workshops e talks feitos por estas marcas. “Vamos comunicar muito através de vídeo. Acreditamos que neste momento é o tipo de comunicação que todos mais sentimos. As pessoas estão em casa a comunicar essencialmente através do telemóvel umas com as outras e o mais próximo que podemos estar das nossas interações humanas é através do vídeo.”

No entanto, Catarina alerta que todas as sugestões são bem-vindas. “A nossa programação, em termos de conteúdo, não está fechada e vai sendo adaptada àquilo que forem sendo também os interesses e a vontade das pessoas, porque é disso que se trata tudo isto. Partilhar e acrescentar valor uns aos outros.”

Por enquanto, a #UmaSóMarca tem cinco nomes associados. Contudo, pode vir a ter mais. “Neste momento o grupo fundador é composto por mim com a Cata Vassalo; pela Pureza Mello Breyner com a Pureza Mello Breyner Atelier; pela Vera Fernandes com a Buzina; pela Marcela Mello Breyner Lagos com a Bloom’in; e pela Inês Teixeira-Botelho, que não tem uma marca. Mas queremos continuar semanalmente a crescer para alargarmos esta partilha e a fazermos chegar a mais pessoas”, explica.

A melhor maneira de as pessoas seguirem a plataforma é através da hashtag, porém, os conteúdos podem ser partilhados noutros sítios. “Eles estão agregados no perfil de Instagram @umasomarca mas cada uma das marcas que fazem parte deste movimento comunicam também nos próprios canais. Também aqui o objetivo é potenciar a comunicação do todo através das partes e vice-versa.



NOTA: Artigo retirado na íntegra de NIT.

0 comentários:

Publicar um comentário

Deixa o teu comentário!
Os comentários são moderados, pelo que podem não ser visíveis logo após o envio!