Dicas para Criadores de Conteúdo

Tens contas em todas as redes sociais? Abres os teus perfis várias vezes ao longo do dia? Segues certos youtubers, instagramers ou criadores de conteúdo há largos anos? Então és um verdadeiro fã do mundo online. Mas se recentemente andas a pensar em passar para o outro lado da câmara e começares tu a criar conteúdo, tenho algumas dicas para dares início a esta nova fase. Três, dois, um, ação!
Dicas e melhores produtos para novos Youtubers

Identifica o teu público alvo
Antes de criares uma conta, há todo um processo que convém ser pensado. Com tanta oferta de conteúdo que hoje existe (estima-se que, até 2021, 82% de todo o tráfego na internet será direcionado para vídeo), é fundamental perceberes para quem queres falar. Para quem vão ser estes vídeos? Quais são os valores e gostos de quem os vai ver? Que conteúdo é que eles querem ver e que ainda não existe?

“Agarra” um nicho específico
Percebe quem é a tua competição e procura um ângulo para te diferenciares. O ideal é encontrares uma área da qual percebas bastante mas que, ao mesmo tempo, seja específica o suficiente para não teres demasiada competição. Com este tema de nicho em mente já fica mais fácil planeares os teus objetivos.


Começa o teu canal
Agora que já tens tudo alinhavado é hora de te atirares para este projeto e começares a fazer os teus primeiros vídeos. Idealmente o melhor é começar já com alguns vídeos no canal, para gerar atração e ter logo algo mais para mostrar.

Cria um calendário
A partir daqui é continuares. Para a tua audiência crescer é importante seres consistente no conteúdo que lanças, por isso experimenta publicares um vídeo por semana e promove-o noutras redes sociais. Para não estares sempre com esta pressão em cima, o melhor é teres sempre alguns vídeos já feitos “no bolso”. Lembra-te: consistência é um dos grandes pilares para conseguires que o teu trabalho cresça e criares a linguagem própria do teu canal.

Otimiza o conteúdo
Para além do conteúdo, que é o foco central, há algum trabalho “behind the scenes” que tem um grande peso no sucesso que os teus vídeos possam ter. Com tudo pronto e publicado, é preciso fazer com que os teus vídeos apareçam nas pesquisas: coisas simples como escolher as keywords certas ou colocar palavras-chave na descrição do vídeo são passos pequenos mas importantes para te destacares.



Qual a melhor câmara para gravar vídeos para o Youtube?
O Casey Neistat, um dos maiores e mais antigos youtubers, tem uma filosofia muito simples no que toca ao equipamento necessário para começares um canal: não interessa que câmara tens, o importante é o conteúdo e a autenticidade. Com isto ele quer dizer que tanto podes ir comprar uma nova câmara de alta qualidade como usar aquela já velhota que tens em casa ou até “pedires ajuda” ao teu fiel smartphone, porque o que interessa é o conteúdo que vais gravar. Se não tiveres nada com que começar, o ideal é arranjares uma câmara que não te complique a vida. Ter auto-foco, ser leve, ter um ecrã que se vire para ti e ter encaixe para um microfone externo é um grande essencial.


Qual o melhor microfone para um Youtuber?
Se hoje em dia quase todas as máquinas fotográficas têm a possibilidade de gravar com alta qualidade, os microfones já são mais indispensáveis. Gravar um bom vídeo, mas que depois tem um péssimo som, é a combinação certa para alguém sair do teu vídeo passado cinco segundos. De um modo geral, há três tipos de microfone: os de lapela são bons para ligares ao teu smartphone ou se tiveres uma câmara que não permite o uso de um micro externo; são pequenos e é fácil prendê-los à roupa. Os microfones USB, por outro lado, são grandes e por isso só funcionam se os quiseres incorporar nos teus vídeos; por isso mesmo, são mais usados por gamers ou para vloggers que gravam uma narração “em cima” do vídeo. Por fim, os microfones shotgun são possivelmente os que mais se veem no Youtube; são bons para quando queres simplesmente pegar na máquina e começar a gravar.


Dicas para Instagramers
Se o Youtube não é a tua plataforma, o Instagram pode ser mais a tua cara. A rede social com mais 800 milhões de utilizadores mensais permite que juntes fotografia, texto e vídeo e tem uma dinâmica diferente do Youtube. Aqui ficam algumas dicas para fomentares likes e aumentares o número de seguidores.


Faz a tua pesquisa
No início é sempre melhor começares por estabelecer objetivos atingíveis e realistas. Antes de criares uma nova página, percebe o que mais gostas nos teus perfis favoritos e o que poderias fazer melhor ou diferente. Pergunta a ti mesma que história queres contar e qual a razão de ser desta nova página que vais criar. Nessa pesquisa pelos perfis que mais gostas, anota como é que eles usam filtros ou hashtags e analisa a maneira como interagem com a audiência e a frequência com que publicam.


Qualidade acima de quantidade
Aposta em boas fotografias ou bons vídeos. Isto é mais fácil de dizer do que fazer, mas há pequenos ajustes que podes fazer para melhorar o teu conteúdo. Sê selectivo naquilo que postas e presta atenção à edição (nesta área, menos também pode ser mais) - apps como Snapseed ou VSCO são muito intuitivas e fáceis de usar.


Usa hashtags com moderação
Qualquer palavra pode ser uma hashtag, mas todos ficamos incomodados quando um post tem mais hashtags do que texto na descrição. O Instagram deixa-te colocar até 30 num post, mas nem tudo precisa de ser transformado numa hashtag, por isso limita-te a cerca de 12. Guia-te por aquilo que é mais relevante à fotografia que publicaste: o tipo de imagem, o equipamento que usaste, o sítio onde foi tirada e que app usaste para a editar.


Investe na interação
Com tantas contas no Instagram, teres uma personalidade passiva nesta rede não resulta. É importante criares uma voz que os teus seguidores conheçam e com a qual queiram interagir, seja nos comentários ou nas stories. É o carinho que se constrói entre pessoas que faz com que um perfil se destaque.

Dicas para tirar as melhores fotos
Seja com um smartphone ou uma câmara profissional, há certas regras que se aplicam transversalmente: Luz é essencial a qualquer fotografia e luz natural é a tua melhor amiga.
Antes de tirares uma fotografia, usa os teus olhos. Sê mais seletivo e antes de fotografares 100 versões de um cenário, estuda o que está à tua frente e descobre o melhor ângulo e enquadramento. As boas fotografias têm um ponto de interesse que nos capta logo, seja uma pessoa no horizonte ou um cenário com linhas que guiam o olhar. Ativa o modo grelha no teu smartphone para te ajudar a compor as imagens.
Procura cores, formas ou linhas fortes. Aproxima-te do foco central da tua fotografia. Se fotografares animais ou pessoas é quase sempre melhor se estiveres próximo deles, uma vez que cria intimidade e confere emoção à imagem.


Espero ter-te ajudado a seres o próximo Criador de Conteúdo deste tão gigantesco mundo digital. Fico a aguardar o teu feedback nos comentários abaixo!


Post em parceria com a Worten

0 comentários:

Enviar um comentário

Deixa o teu comentário!
Os comentários são moderados, pelo que podem não ser visíveis logo após o envio!